domingo, 19 de dezembro de 2010

buraco.

tenho dores que me rasgam como se de um tecido se tratasse.
eles não conseguiram...
como se magoa tanto uma pessoa que prometemos amar, cuidar...
o que a vida nos faz...
o que fazemos nós à vida que temos...
só posso nisto aguentar...
aguentar todas a ladeiras...
todas as formas e beiras...
e cuidar.
tenho de cuidar de ti como o fizeste por mim...
que agrura tem a tua vida
que dor tenho
que medo sinto
que buraco finto...

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

NÃO TENS NADA

Tu não tens nada. Nada na matéria é teu. Absolutamente nada. Tu não tens pai, nem tens mãe. Eles não são mais do que almas companheiras de jornada, que desceram contigo para partilhar. Não para possuir.

Tu não tens filhos, tu não tens família, nem amigos. Todos são almas. Almas que se juntam na nuvem para juntos encarnarem com um mesmo propósito, numa mesma direcção. Não são teus. Nunca serão. E nem tu és deles. Nunca. Nunca.

Pensa em quão libertador é não possuíres nada nem ninguém. Pensa o quão simples a vida se torna. Olhares para as coisas e pessoas como se fossem coisas e pessoas autónomas, livres da tua energia. Livres da mão pesada do teu apego.

Pensa assim: «Se eu não tenho nada e nada me pertence, então o que é isto tudo que está à minha volta? De quem são estas coisas? De quem são estas pessoas?» Resposta: São da vida. Foi a vida que tas cedeu, nesta tua breve passagem pela terra. São um presente do céu, para usufruir, para aproveitar, para «curtir», para partilhar. E, mais do que tudo, para aprender a largar.

Lembra-te sempre do que eu disse um dia: «Eu amo-te, independentemente de onde estiveres na vida física.» E no dia em que compreenderes que nada é teu, e que tudo te é cedido pela vida, vais começar a sentir, finalmente, a gratidão.

Gratidão por tudo o que está à tua volta, gratidão pelos presentes que a vida te dá, gratidão por compreenderes que tudo isto tem uma lógica, gratidão pela consciência. E quando sentires uma gratidão tão forte que quase arrebenta o teu peito, sobe. Sobe cá para cima. A gratidão é a forma mais completa de se chegar a mim.

JESUS.

terça-feira, 9 de novembro de 2010

sexta-feira, 5 de novembro de 2010








bem depois de postar lá fui eu fazer uns rabiscos... não demoreu sequer uma hora a fazê-los... the dark side hihihi

quinta-feira, 4 de novembro de 2010

não pinto a quase um ano.
tenho tantos quadros na minha cabeça.
tantas cores, imagens e sombras.
mesmo assim, contrario-me e não os pinto.
desacredito-me.

Bob Dylan - Love Sick




my love for you is sick.

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

A Heart To Hold You
When you're lonely and sad
And you think of the times we had
Just the thought of you
Will bring you back to me
Seen you staring in to space
Shadow falling across your face
But it won't take long to get to you
Whatever you do

And if your heart should melt away
No matter, I'll find you anyway
Until you look and find a love who doubles
As someone who'll understand your troubles

When you're tumbling down
Cast a eye back to our old town
And a heart to hold you won't be far
Wherever you are

And if your heart should melt away
No matter, I'll find you anyway
Until you look and find a love who doubles
As someone who'll understand your troubles

When you're lonely and sad
When you're lonely and sad


Um Coração Para Te Abraçar


Quando você está solitário e triste
E você pensa nos momentos que tivemos
Só o pensamento em você
Trará você de volta
Vejo você olhando o nada
E uma sombra que cai por sua face
Mas não será o suficiente pra você
Independente do que faça

E se seu coração for para longe
Não importa, eu o acharei de qualquer maneira
Até que você procure e ache um amor que te ajude
Um alguém que entenderá suas dificuldades

Quando você estiver deprimida
Lembre-se da nossa velha cidade
E um coração para o segurar não será distante
Onde quer que você seja

E se seu coração for para longe
Não importa, eu o acharei de qualquer maneira
Até que você procure e ache um amor que te ajude
Um alguém que entenderá suas dificuldades

Quando você está só e triste
Quando você está só e triste



Keane.

sábado, 30 de outubro de 2010

Keane - Nothing In My Way




adoro esta música e a letra diz-me muito...

domingo, 24 de outubro de 2010

toldas-me

tolda-me a razão...
perco-me perante o seu ímpeto...
perco-me de ideias...
não permito que a razão o dite...
tolda-me o fragmento da sua memória... a presença...
tolda-me o cheiro e a imagem da sua morada...
tolda-me o pensamento...
tolda-me a acção...
cheiro ido... cheiro sentido...
toque perdido mas queimado em pele...
tolda-me o ser...
tolda-me o querer...
o que me tolda não é razão para ser.

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

ceifam-nos.


Quando nos ceifam sonhos...
quando o que nos dão, não é mais que nada.
quando o que projectas, se diluí ao som duma palavra.
quando nos ceifam sonhos, ceifam-nos força.
a esperança entristece e o dia deambula moribundo.
quando nos ceifam sonhos, ceifam-nos inspirações e respiros de vida.
hoje, ceifaram-me um sonho.
hoje, fico pela metade.

sábado, 16 de outubro de 2010

onde nos chove...



hoje chove...
e sinto que também eu, chovo por dentro.
o momento é breve...
penso... como a minha vida é...
frágil, monótona e indefinida.
hoje sou assim.
amanhã não sei o que serei, ou se serei.
fiquemos então por aqui.

terça-feira, 12 de outubro de 2010

The Cure - Friday Im In Love




tantas tantas saudadesssssssssssssssssssssssssssssssssssssss

segunda-feira, 30 de agosto de 2010

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

quinta-feira, 29 de julho de 2010

Beyoncé - Why Don't You Love Me (Official Music Video Sneak Peek)




bem acho q chega a todos.
vida vida esta....
ironia do destino hihihiih

quarta-feira, 30 de junho de 2010

...

esgotada...
sempre o mesmo desfecho
sempre o mesmo génio
sempre a mesma distância
ser e não ser
conseguir e descontruir
cansada...
farta, sem força ou alicerce
profundo azul...
azul este, de profundo e negro breu.

quarta-feira, 16 de junho de 2010





este ano

vivi este ano...
ano estranho, singular e difícil...
mostrou quão ténue é a certeza de estarmos vivos
mostrou-me a dificuldade que é aceitar a verdade
a dificuldade que temos em perceber a entrada e a saída das pessoas na nossa vida
tem sido intenso, estranho e magistral no ensino
sofri com o medo, com a impotência...
senti...
senti Deus de perto e a certeza da sua existência e clemência
aprendi a acreditar e a viver a esperança
ensinou-me a ver, a sentir e a chorar
a perder e a saber perder
a perder segurança e garantias
e a pensar que todos perdemos alguém um dia...

senti-me oca, sem espírito fraca e forte, sã e demente
como é difícil saber viver sem certezas, com dor...
como é difícil aprender o desapego
como é difícil ter medo de sofrer a perda
como é fácil mudar num segundo toda a realidade que nos cerca e segura
à vida...
resta manter a esperança, manter o leme.

sexta-feira, 14 de maio de 2010

Tindersticks "Black Smoke" (official video)





a minha banda... uma das músicas do novo álbum...falling down a mountain...

domingo, 18 de abril de 2010

quinta-feira, 15 de abril de 2010

quinta-feira, 18 de março de 2010

POR TI JESUS...OBRIGADA

POR MIM
Esse é o teu amor por mim. Quando te olhas todas as manhãs, e tentas novamente aceitar-te. Esse é o teu amor por mim. Quando te alimentas adequadamente para o teu corpo não adoecer. Esse é o teu amor por mim. Quando te ofereces pequenos presentes. Porque tu mereces. Porque eu mereço que tu mereças.

Quando alcanças a maioridade do ser. Quando me alcanças nas alturas. Quando sonhas comigo, me sorris. Esse é o teu amor por mim. Não quero que escrevas. Só quero que sintas, que sintas esse amor por mim (o amor que tens por mim).

Cada lagoa que olhas, olhas por mim. Cada pôr-do-sol, cada estrela cadente que contemplas, dás-me um pouquinho desse prazer. Cada memória que tens, tem-na por mim. Fá-lo por mim. Cada ser humano que abraças, cada olhar que tocas, fá-lo por mim. Ama por mim.

Não posso estar aí, mas sinto a matéria por cada um de vocês, por cada ser humano que honra o que sente. Que vê o seu coração voar de encontro às alturas. Cada vez que te apaixonares, fá-lo por mim. Cada vez que utilizares a minha luz para amar, contemplar e viver, vais sentir-te mais, vais dar mais e vais unificar o céu e a terra por força da nossa união.

jesus.

sexta-feira, 12 de março de 2010

todos os dias a olhar para mim...

Ganesh, filho de Shiva (um dos 3 deuses Hindus, juntamente com Bramahn e Vishnu) e Parvati (a minha deusa Hindu preferida só porque é linda). Ga simboliza Buddhi (intelecto) e Na simboliza Vijnana (sabedoria).
É representado como um Deus amarelo ou vermelho, com uma grande barriga que contém infinitos Universos (simboliza a benevolência da natureza, a sua habilidade em absorver os sofrimentos do Universo e proteger o mundo), quatro braços (representam os quatro atributos do corpo subtil: a mente, o intelecto, o ego e a consciência condicionada. Representam a pura consciência que permite que estes quatro atributos funcionem em nós). Uma mão em uma pose de bênção, refugio e protecção e as outras seguram um machado (símbolo da restrição de todos os desejos que trazem dor e sofrimento, para destruir os obstáculos e levar ao caminho certo e da verdade), um chicote (símbolo da força que leva à eterna beatitude de Deus, para deixar os desejos mundanos de lado) e uma flor de lótus (simboliza o mais alto objectivo da evolução Humana, a realização do verdadeiro Eu). A cabeça de elefante (fidelidade, inteligência e poder discriminativo) com o tridente de Shiva desenhado na testa (simboliza o tempo - passado, presente e futuro- e a superioridade de Ganesh sobre ele) com orelhas abertas (sabedoria, habilidade de ouvir e de reflectir sobre verdades espirituais, indicam que quando Deus é conhecido, todo conhecimento também é), de tromba curvada (potencialidades intelectuais que se manifestam na faculdade de discriminação entre o real e o irreal), só com uma defesa (habilidade de superar todas as formas de dualismo) e com as pernas cruzadas (vivência e participação no mundo material assim como no mundo espiritual, a habilidade de viver no Mundo sem ser do Mundo).
Ganesh o símbolo das soluções lógicas. Com corpo humano e cabeça de elefante. É o símbolo daquele que descobriu a Divindade dentro de si mesmo. Representa o perfeito equilíbrio entre força e bondade, poder e beleza. Simboliza as capacidades discriminativas, a habilidade de perceber a distinção entre verdade e ilusão, o real e o irreal.

Não contam os livros mas contam os miúdos de Varanasi, a cidade sagrada sobre o Ganges e a mais bonita do Mundo, que Ganesh, filho de Parvati e Shiva, ficou com a sua mãe, Parvati, quando Shiva teve que partir para longe durante muitos anos. Ao voltar, Shiva encontra Parvati com um homem na sua cama e corta-lhe a cabeça. Não se tinha apercebido que era o seu filho que entretanto tinha crescido. Desesperado procurou o primeiro animal que encontrou para dar uma cabeça ao seu filho. Esse animal foi o elefante.

Pergunta na Índia quem é Ganesh e simplesmente te vão dizer que é o Deus da “boa sorte” provavelmente porque é difícil demais de explica-lo a um estrangeiro.

segunda-feira, 1 de março de 2010

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010