quinta-feira, 1 de março de 2007

De muito nos acusam mas de muito pouco sabem...

Hoje entrei na escola pelas 7.50 da manhã, pois iniciava-se um dia regular de trabalho... tive as turmas e as horas de trabalho nos cargos ; depois como se não chegasse... reuniões intercalares, planos de recuperação e o diabo a quatro, com tudo isto saí da escola pelas 21.25 horas da noite.
A nossa ministra diz "devem somente ter duas horas de reuniões semanais"... sabem quantas horas eu hoje tive , só hoje ,pra não contar desde de segunda-feira... pois como tenho imensas turmas o que não me falta são reuniões de conselho de turma.
Ora bem?!! se eu fosse reclamar o tempo pós laboral que despendi ...as horas extraordinárias que trabalhei...de certeza que teria o dobro no meu ordenado?!!!...mas não!!!...o professor não faz isso... ao contrário!!! estafado, moído, afónico, esgotado e com os nervos em franja... fica até as tantas só porque tem um objectivo em mente... ENSINAR;
(para prova dessa educação tenta provar o que faz documentando todo o processo de ensino aprendizagem... as intermináveis actas e doccumentos adjacentes).
Se a "nossa" ministra soubesse o nosso dia a dia de certeza que não seria ministra...
pois vivia a escola e não a teorizava.... e não diminuia o principal elo deste processo - o PROFESSOR ...
digam o que disserem... no fundo toda a gente o sabe o valor do professor!!! mas infelizmente para a maioria é bom ser levado ao sabor da corrente da hopocrisia ...
Agradeço aos PROFESSORES que tive... agradeço os meus ALUNOS... mas acreditem também mereço... mereçemos todos (PROFESSORES) agradecimento .

1 comentário:

Fernando disse...

pois é, as reuniões. momentos que desorganizam completamente a vida de todos, principalmente quem tem filhos, e que têm uma produtividade e uma importância a roçar o zero. mas enquanto os nossos ministros forem eng. quimicos e sociologos vamos continuar na mesma. enquanto as pessoas aguentarem aguentarem sem dar um murro na mesa... estamos lixados